segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

[TAG ] De tudo um pouco

    Olá, Curiosos! Fomos marcadas para responder a  TAG: De Tudo Um Pouco pela Karen do blog Minha Secreta Poesia e ficamos felizes pela indicação. Obrigada Karen ^^
    A TAG não é sobre livros, séries ou filmes; e sim algo mais pessoal. As 3 curiosas (Nath, Loly e Lana) resolveram responder, ou seja, desculpa se ficou enorme pessoal! Então vamos nessa:

Regras :

1- Responder todas as perguntas
2- Indicar no mínimo 11 blogs com quantidade de seguidores menor que 500
3- Colocar o selo da tag
4- Colocar o link de quem indicou

Perguntas :

1- Qual é seu estilo musical preferido?

 
Nath: Sou uma das pessoas mais ecléticas que eu conheço. Escuto desde Wesley Safadão até Avenged Sevenfold. Sou directioner de corpo e alma e a única coisa que eu não escuto é frevo. O resto vai depender do moment ;)
Lana: Depende, mas eu gosto mais do pop e pop - rock dos anos 80. E claro, pop atual, Selena Gomez!
Loly: Depende do dia, mas ultimamente estou nessa de músicas de fossa haha minha favorita do momento é pra você dar o nome - 5 a seco <3

2- Qual peça de roupa é sua queridinha no momento?

Lana: Minha Blusa do Jack Skellington <3
Loly: Calças leggings (=felicidade recém descoberta).
Nath: Serve sapato? Minha sapatilha preta guerreira e maravilhosa que me faz sentir que to descalça.

3- Qual/ quais dos seus esmaltes é/são os mais divos? (Marca e cor)
 
Loly: Acho nome de esmalte uma coisa ENGRAÇADÍSSIMA, mas para entrar na onda do blog, escolherei Livros Inesquecíveis (não sei a marca).
Nath: Não tenho cordenação motora pra fazer minha própria unha então não compro esmaltes :(
Lana: Infelizmente tenho o hábito de roer a unhas(eu tenho que parar, eu sei), ou seja, elas quase não existem. Não tenho esmalte divo.

 
4- Shorts ou saia?
Nath: Short, definitivamente.
Lana: Short!
Loly: Short.

5- Cabelo liso ou enrolado?

Lana: Curto os dois, antigamente o meu era muito liso, hoje está mais para um ondulado louco, tipo Hermione hahah
Loly: Acho mais bonito cabelos cacheados, mas o meu é ondulado, um meio a meio legal.
Nath: Quanto mais crespo mais eu amo, mas o meu é liso de dar dó.

6- Brigadeiro ou sorvete?


Loly: Brigadeiro, sempre.
Nath: Sorveteeeee (sou do contra, beijos).
Lana: Brigadeiro Forever!

7- Doce ou salgado?


Nath: Salgado.
Lana: Doce.
Loly: Doce. 

8- Como você define seu estilo?


Lana: Não sei explicar... acho que uma mistura de morbidez com a paixão por gatos , cachorros e outros animais.
Loly: Tem algum estilo que tenha bichos no meio? 80% das minhas blusas são sobre/de bichos.
Nath: Meu estilo varia com meu humor e minha vontade/tempo de eu me arrumar.

9- Você é do tipo mulher consumista ou compra só o básico?


Loly: Com roupas: só o básico.
Nath: Básica com tropeços consumistas de vez em quando, pode?
Lana: Só o básico mesmo.

10- Considera-se vaidosa?


Nath: Sim e não. Gosto de me sentir bonita, mas a cada dia que passa desencano mais com isso.
Lana: Não muito, a preguiça é mais forte.
Loly: Tem como ser vaidosa quando sua vida acadêmica está um caos? Então um mais ou menos é a melhor resposta. 


Blogs Indicados

Olhei no Rodapé
Acabo de Ler
Livros & Entretenimento
Postando Trechos
Pijama Retrô
Flora de Papel
These Pretty Little Books
Love Book S2
Letras + Livros
The Best Words
Depressão Pós-Livro
 

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

State Of Fear

   Olá Curiosos! Hoje a resenha será sobre um livro um tanto que polêmico do escritor Michael Crichton, o mesmo de Jurassic Park.
   Encontrei esse livro em uma feirinha e ele estava com um preço bem camarada, e mesmo sendo usado decidi que iria ler ( principalmente para praticar meu inglês, já que encontrar um livro assim na livraria aqui em Aracaju é osso).

Livro: State Of Fear
Autor: Michael Crichton
Editora: HarperCollins Books

Sinopse: Em Paris, um jovem físico apresenta um experimento oceanográfico - então morre misteriosamente após um encontro romântico com uma bela estranha.

Nas selvas da Malásia, uma poderosa tecnologia de cavitação hipersônica - capaz de derrubar montanhas com o som - é comprada por um interesse privado, sem motivo especificado.

Em Vancouver, um empresário contrata um submarino de pesquisas para uso nas águas da Nova Guiné.

Em Tóquio, em Los Angeles, na Antártica, nas Ilhas Solomon... um agente procura juntar todas as pistas e prevenir uma catástrofe global.

domingo, 13 de dezembro de 2015

Um Santo Vizinho

Depois de um chá de sumiço também conhecido como fim de período eu voltei para falar pra vocês do filme Um Santo Vizinho, recentemente adicionado ao Netflix e um dos meus mais novos queridinhos pra assistir numa tarde de tédio. Pode conter Spoilers!




Título Original: St. Vincent
País de Origem: EUA
Dirigido por: Theodore Melfi
Ano de Produção: 2014

Sinopse: 
Maggie (Melissa McCarthy), uma mãe solteira que se muda para sua nova casa no Brooklyn de Nova York com seu filho de 12 anos, Oliver (Jaeden Lieberher). Forçada a trabalhar por muitas horas, ela é obrigada a deixar o filho aos cuidados de seu novo vizinho Vincent (Bill Murray), um ex-militar alcoólatra e viciado em jogos de cartas. Logo, uma grande amizade surge entre o garoto e Vincent, que o leva para conhecer sua rotina de bares e clubes de striptease.




segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Sessão Receita do dia a dia: Aquele dia.

Pois bem, aconteceram algumas coisinhas que me fizeram lembrar de um dia da minha infância. 
Não, não foi esse dia que eu fui fantasiada de oncinha para o colégio. Apesar de que foi um dia incrível, só faltou o salto 15 para virar Madonna. 
Segue a história desenterrada do fundo do baú. 


Quando eu estava na quarta série um garoto me chamou de sapatona. 
Eu tinha lá umas quedinhas por meninos e hoje continuo gostando somente de homens, apesar de algumas decepções que me causam (haha).
Ele só queria me ofender de algum modo. E eu, ingênua aos 10 anos, me ofendi.
Fui lá, com toda minha revolta, e falei para a professora. 
“Você é?” Ela questionou.

sábado, 5 de dezembro de 2015

Sorteio de Natal

Já é natal na Leader e no Curiosa Metamorfose também :)
Para comemorarmos essa época, além do chester de cada ano, da piada do é pá vê ou pá comê?, e da tia amigável, nós, do Curiosa, decidimos fazer um sorteio.
Nosso prêmio lindo,novo e maravilhoso já foi resenha aqui no blog, o lindinho do O Duque e Eu.
Cruzem os dedos dos pés e das mãos, abrace uma rena e se ligue nas regras. 


Requisitos do sorteio:

1- Ter sido um boa(om) garota(o) ao decorrer do ano (tem que fazer merecer, vai...).
2- Os participantes devem ter endereço de entrega no Brasil.
3- O Sorteio não possui vínculo com a editora Arqueiro.
4- Enviaremos um e-mail para os vencedores e eles terão até 48 horas para responder com os dados, caso contrário, faremos um novo sorteio.
5- Não nos responsabilizamos por extravios dos correios ou endereço incompleto/errado. Caso o livro volte, o reenvio é por conta do vencedores.
6- Temos até 45 dias para enviar os livros.
7- Sorteio válido até 03/01/2016 e o resultado sairá nessa mesma postagem em até 10 dias após o encerramento.
8-Qualquer dúvida entre em contato.
9-Agora é só conseguir realizar o máximo de pontos no quadro abaixo e boa sorte!

a Rafflecopter giveaway


Vão lá e arrazem!

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Resumo do Mês... Novembro

    Bem Curiosos e Curiosas, vimos um modelo de postagem resumitiva no blog Leitora Online e gostamos bastante da ideia. Então resolvemos aplica-la aqui no Curiosa Metamorfose!
    Até que o mês de Novembro foi bem interessante para o blog, não? E nós esperamos que tenha sido um mês produtivo para vocês, tanto nas leituras como nas séries e nos filmes, além de outras coisas da vida.
     E ainda de sobra é o mês do aniversário da Nathalia (Nath) e da Lana!
          BOM MÊS DE DEZEMBRO PARA TODOS!
              O ANO JÁ ESTÁ ACABANDO O.o É ISSO MESMO PRODUÇÃO?

1- A Noiva Cadáver
 

2- Sessão Terror: Intrusos
 

3- Nakusha, A Indesejável
 

4- The Air He Breaths
 

 
 
 


sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Nerdologia #CuriosaRecomenda #005

Olá queridos Curiosos, como vocês estão? Bem? Espero que sim, hein?
Hoje venho aqui fazer mais um #CuriosaRecomenda sobre um canal no youtube que super recomendo: Nerdologia. Sim, isso mesmo, o significado seria como o estudo das coisas nerds. Imagine você aprendendo física, química e biologia com desenhos e personagens do mundo nerd. Não é perfeito?
Explicação do por quê magneto não poderia retirar o ferro do nosso sangue.
O canal surgiu a partir de um quadro do NerdOffice pertencente ao Jovem Nerd e agora o Nerdologia possui um canal exclusivo, apresentado pelo biólogo e pesquisador Atila Iamarino, com ilustrações/edição do Rodrigo Tucano. Mas ainda é dirigido por Deive Pazos e Alexandre Ottoni ( o apresentadores do NerdOffice).

domingo, 15 de novembro de 2015

The Air He Breaths.

Ando sumidinha, mas Lana está com tudo aqui no blog haha
Apesar do meu sumiço e minhas quedas drástica de leituras por uma doença tenebrosa recém conhecida na minha vida: fim da greve na faculdade, eu ainda cometo certos delitos. Leio livros em momentos inoportunos.
Meu novo xodozinho foi esse achado.

Livro: The Air He Breaths
Autora: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Páginas: 354
ISBN: B015L78KRQ
Sinopse: Eu fui advertida sobre Tristan Cole.
“Fique longe dele”, disseram as pessoas.
“Ele é cruel.”
“Ele é frio.”
“Ele está desacreditado.”
É fácil julgar um homem por causa de seu passado. Olhar para Tristan e enxergar um monstro.
Mas eu não podia fazer isso. Eu tive que aceitar os destroços que viviam dentro dele, porque eles também viviam dentro de mim.
Nós dois éramos vazios.
Nós dois estávamos procurando algo mais. Algo melhor.
Nós dois queríamos juntar os pedaços destruídos de nossos passados.
Então talvez pudéssemos, finalmente, lembrar de como respirar.

The air he breaths ainda não foi publicado no Brasil, mas (e amém) a editora Record já comprou os direitos autorais para traduzi-lo.

Digamos que se  esse livro pudesse ser qualquer outro objeto ele seria um vaso.
Daqueles bem bonitos da casa da sua avó, que em um dia qualquer ele foi espatifado no chão e quebrou. Em centenas, milhares, de pedacinhos.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Nakusha, A Indesejável

Bem pessoal hoje venho postar uma resenha sobre o livro que foi ,há algum tempo, meu paradidático na escola ( Com a minha professora Liége - essa mulher é fantástica!) e vou ser sincera : Não me interessei. Esse ano como estava estudando novamente para o enem, resolvi ler verdadeiramente o livro com um olhar crítico e não para simplesmente fazer uma prova. E não é que eu gostei?
 


Livro: Nakusha, A Indesejável
Autora: Laurence Binet
Editora: SM
Páginas: 78
ISBN: 8576751348

Sinopse: Neste livro, você lerá o relato de uma menina que vive em uma aldeia na Índia. Nakusha, seu nome, quer dizer 'indesejável' em hindi. Também conhecerá a batalha de Latifa e Lal. Cujas histórias se passam no Afeganistão, durante a guerra civil em Cabul.
  As Três protagonistas lutam pela sobrevivência, pelo respeito e pela dignidade.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Sessão Terror: Intrusos

E para finalizar a Maratona do Terror ( que eu não consegui fazer direito ¬¬, mas próximo ano tento fazer decentemente no Halloween! ) escolhi Intrusos que não é exatamente terror mas sim uma mistura deste com suspense, e que me surpreendeu bastante. Comecei a assisti-lo sem nenhum pretensão e quando percebi já estava vidrada na tela esperando o passos desse monstro sem rosto!

Título Original: Intruders
País de Origem: EUA, Reino Unido, Espanha
Dirigido por: Juan Carlos Fresnadillo
Ano de Produção: 2011

Sinopse: Filme conta a história de duas crianças assombradas. Juan, de sete anos, mora em um bairro pobre de Madri e é atacado por um intruso sem nome em seus pesadelos, sem que sua mãe possa ajudá-lo. Mia, de 12 anos, por sua vez, conta a seus colegas de sala um conto de monstro, no mesmo dia em que seu pai sofre um acidente do arranha-céus em construção, onde trabalha.


segunda-feira, 2 de novembro de 2015

A Noiva Cadáver.

Hey, Curiosos!
O dia das bruxas já passou, mas ainda estamos no clima (isso não tem nada a ver com o fato que hoje é feriado de finados).
Noiva Cadáver pode ser infantil, mas é ótimo visto por olhos mais maduros também.


Filme: Noiva Cadáver
Direção: Mike Johnson e Tim Burton
Gênero: Animação, drama, comédia e fantasia
Lançamento: setembro de 2005
Sinopse: Em um vilarejo europeu do século XIX vive Victor Van Dorst (Johnny Depp), um jovem que está prestes a se casar com Victoria Everglot (Emily Watson). Porém acidentalmente Victor se casa com a Noiva-Cadáver (Helena Bonham Carter), que o leva para conhecer a Terra dos Mortos. Desejando desfazer o ocorrido para poder enfim se casar com Victoria, aos poucos Victor percebe que a Terra dos Mortos é bem mais animada do que o meio vitoriano em que nasceu e cresceu.


Com um cenário sombrio, o filme começa com o encontro meio desajeitado do casal de noivos. Victor e Victoria é o típico casal que foi feito um para o outro, até mesmo no nome. Apesar dos pais rigorosos, da parte dela, e ausentes emocionalmente, da parte dele. 
Um palpite dessa pessoa que aqui escreve é que justamente essa semelhança de pais bem chatinhos, fizeram os dois tão bons juntos, como pão e queijo. 
Acontece que no dia do casamento, com direito ao padre rabugento, pais atentos e mãos trêmulas, Victor se atrapalha completamente e o fruto disso é um desastre. 

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Sessão Terror: Terror em Silent Hill

Continuando a nossa maratona do Terror, hoje eu gostaria de falar sobre um dos filmes que mais me surpreenderam nesses últimos tempos : Terror em Silent Hill!
Será que um filme baseado em um jogo consegue ser aterrorizante? Sim e sim novamente! Terror em Silent Hill é definitivamente diferente dos filmes de Terror comuns e isso foi o que mais me chamou atenção! O filme consegue sair do clichê e arrasar com a gente!


Título Original: Silent Hill
País de Origem: EUA, França
Dirigido por: Christophe Gans
Ano de Produção: 2006

Sinopse: Rose da Silva (Radha Mitchell) é uma mulher atormentada, já que sua filha Sharon (Jodelle Fernand) está morrendo de uma doença fatal. Contrariando seu marido, Rose decide levá-la a uma cidade que sempre menciona em seus sonhos quando está sonâmbula. No caminho para encontrá-la Rose atravessa um portal, que a leva à cidade deserta de Silent Hill. Lá Sharon desaparece, o que faz com que Rose procure a menina por todos os lugares. É quando Rose descobre que a aparente cidade deserta é na verdade habitada por criaturas demoníacas, que surgem de praticamente todos os lugares em que toca.


segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Sessão Terror: O Abismo do Medo

Voltei minha Gente! E com uma Maratona do Terror, pois outubro é o mês do Halloween - um dos melhores feriados,que infelizmente não tem no brasil. Mas mesmo assim eu posso comemorar certo?
Começando a Maratona do Terror nessa última semana de outubro, escolhi o filme O Abismo do Medo. Filme que utiliza o terror Psicológico como principal fator.

Título Original: The Descent
País de Origem: Reino Unido
Dirigido por: Neil Marshall
Ano de Produção: 2005

Sinopse: Um ano após um trágico acidente, algumas amigas vão explorar uma caverna. Uma delas, Juno (Natalie Jackson Mendoza), sem avisar as outras, as levou para uma caverna que nenhuma pessoa tinha explorado. Logo elas descobrem que talvez alguém tenha entrado ali, mas nunca saído vivo. Um acidente faz com que uma rocha se desprenda e as amigas fiquem presas na caverna. Com a saída bloqueada, elas passam a explorar o local, buscando outro meio de sair. Porém elas passam a ser perseguidas por estranhas criaturas, que se escondem na escuridão da caverna.





terça-feira, 29 de setembro de 2015

Uma paixão chamada... #CuriosaRecomenda #004

Uma voz na minha consciência diz para mim, insistentemente, "Louise, meu bem, não se apaixone tão rápido assim".
Voz, eu tentei tanto, mas caí de amores novamente. E então de novo.
Estante de livros(e outras coisas)
É um assunto tão trivial para se tratar aqui no blog, mas notei que soa gostosinho em algum momento.
Será que pode falar gostosinho assim?
Pois bem, estou a procura de uma estante para meu quarto e nessa procura tão elementar, eu tive que consultar meu amigo de todas as horas: Pinterest.
Joguei, como quem não quer nada, e olhe bem nas possibilidades loucas que encontrei nesse maldito site.


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Beleza Perdida.

Sou uma verdadeira fã de alguns clichês, mas até mesmo uma fã se cansa às vezes.
Eu cansei nos últimos tempos.
Procurei um livro diferente, que me cativasse por outro motivo, então notei Beleza Perdida. E me apaixonei por esse livro como há muito tempo não ando me apegando com livro algum.

Livro:Beleza Perdida. 
Autora: Amy Harmon.
Páginas: 336.
Editora: Verus.
ISBN-13: 9788576863748.
Sinopse: Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.
Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.
Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.


Há uma beleza diferente nesse livro. Uma beleza do feio, da dor crua. Estava com saudades de uma ressaca literária e quando ela veio, já não soube lidar direito com a dita cuja.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

A Voz do Arqueiro.

Esse livro criou um auê por onde passou. No primeiro contato olhei meio torto e continuei minha vidinha. Então li um comentário incrível sobre ele e decidi dar uma espiada, de leve, sem compromisso.
A sinopse me encantou. A proposta da autora é incrível. O mocinho é um daqueles que te deixa completamente boba. E o resultado da leitura é essa resenha aqui.

Livro: A Voz do Arqueiro.
Autora: Mia Sheridan.
Editora: Arqueiro (risos).
Páginas: 336
ISBN-10: 858041444X
Sinopse:
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar. Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda. Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.


domingo, 16 de agosto de 2015

Ponyo, uma amizade que veio do mar





Olá, curiosos! Vocês já assistiram o filme Ponyo do Hayao Miyazaki? Confiram essa postagem e entendam o porquê dele ter entrado para minha lista "Todos precisam ver uma vez na vida".




Título Original: Gake no Ue no Ponyo
País de Origem: Japão
Dirigido por: Hayao Miyazaki
Ano de Produção: 2006
Lançamento: 19 de julho de 2008

Sinopse: Um menino chamado Sosuke, um garoto de 5 anos, que resgata uma princesa peixinho-dourado e a chama de Ponyo. A partir daí os dois embarcam numa aventura fantástica, uma jornada onde eles encontram amizade e sabedoria. Mas o pai de Ponyo, um poderoso feiticeiro, a força a voltar para a sua casa no mar. No entanto, Ponyo deseja se tornar humana e esse desejo pode desequilibrar a própria mãe natureza. Será que Ponyo realizará o seu sonho?





Nesse filme do Hayao Miyazaki (diretor de A Viagem de Chihiro), Ponyo é uma peixinha-dourada que foge de sua casa no meio do fundo do mar e acaba presa em um frasco de vidro na praia que beira a colina onde Sosuke mora. Ele a ajuda  a escapar do vidro e a leva para casa em um baldinho verde, começando assim uma grande amizade e aumentando o desejo de Ponyo de se tornar humana.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Adoção é amor, paciência e responsabilidade. #CuriosaRecomenda #003

Esses dias estava observando minha irmã caçula brincar com meu cachorro, Banzé ou simplesmente Zé. Ela puxa suas orelhas, faz dele um cavalinho para seus bonecos, coloca a mão dentro da boca do coitado, a bolinha que ele morde com todo ímpeto ela puxa sem medo algum. Ele nunca a machucou, ao menos não propositalmente, minha irmã exibe toda orgulhosa os arranhões, sempre duradouros, ganhados nas brincadeiras um pouco mais ousadas.

 Caçula e Zé. Arquivo pessoal.
Provavelmente você está se perguntando onde diabos eu pretendo chegar e estou quase chegando no ponto da postagem, Curioso.
Zé é extremamente carinhoso sem sapatos por perto (ele tem certa possessividade por eles). Pode passar horas ao seu lado se você estiver acariciando suas orelhas, cabeça, barriga, rabo e peito, menos suas patas.
Ele recebe o título honroso de xodó da família. 

E é aqui que a postagem realmente começa.

Nós adotamos Zé quando ele tinha aproximadamente 2 anos, não era mais tão pequeno, nem tão filhote e já tinha uma certa personalidade.
Nossas esquinas se cruzaram de repente, não mais que de repente. Graças a uma amiga da família, soubemos que ele estava sendo maltratado na frente de uma loja e a dona dessa, tinha decidido abrigá-lo temporariamente. Fomos dar "apenas uma olhadinha", sem nada sério ou confirmado, assim que eu me agachei para falar com aquela criatura magra, sujinha e presa numa  longa corrente de ferro, sua cabeça descansou na minha coxa e então o levamos para nossas vidas.

Foi só o início.


quinta-feira, 30 de julho de 2015

As Batidas Perdidas do Coração.

Caros Curiosos,
Precisamos de um TOP 3 observações-importantes antes de começar a resenha desse livro:
1) SINAL DE XIMBALEIÊ AÍ: A autora é brasileira. Essa sensação peculiar ao notar que os brasileiros estão abrindo caminho em um espaço predominante de autores internacionais é <3
2) Essa capa que parece um poster de banda (nhac).
3) Preparem-se para perder algumas batidas aqui e ali em seus corações.

Livro:As batidas perdidas do coração
Autora:Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 406
ISBN-10: 8576863227
Sinopse: Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. 
Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre.
As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.


Estive lançando olhares furtivos para esse livro há tempos. Durante, inclusive, alguns períodos de provas ano passado. Adiei nosso encontro, mas não desisti. Era para ser, entende? Eu. Ele.
Meses se passaram e com eles o vestibular. Era naquele momento, o meu longo desjejum seria com ele, nada mais, nada menos. E foi.
As Batidas Perdidas do Coração surgiu bem assim na minha vida. O coitadinho teve que suprir as montanhas de expectativas que foram depositadas nele e em grande parte, ele as alcançou.

domingo, 26 de julho de 2015

5 motivos para assistir Sense8




Olá Curiosos, como vocês estão? Alguém aqui já ouviu falar de Sense8? Se você tem Netflix é muito provável (muito mesmo!) que você já tenha ouvido falar dessa série. Recentemente eu recebi uma das melhores recomendações da vida (Heloísa sua linda, obrigada!) e comecei a vê-la. E, meu Deus, que série! Como quis fazer algo mais divertido dessa vez e não uma resenha na lata,  eu vou dar pra vocês alguns motivos para assistir Sense8 mas antes, um pequenho resuminho da série vindo diretamente do Wikipédia.



quarta-feira, 15 de julho de 2015

Bound by Honor.

Bati-me de repente com esse livro.
Passou despercebido no primeiro momento e talvez no segundo, mas no terceiro eu decidi dar uma leve espiada. E foi quase como cair em um buraco negro.
É o primeiro de uma série chamada Born in Blood Mafia e tem tudo para ser uma explosão por aqui. Segurem seus escudos e tomem o máximo de fôlego que conseguirem.   

Livro: Bound by Honor.
Autora: Cora Reilly.
Editora: CreateSpace Independent
Páginas: 322
Sinopse: Nascida no seio de uma das mais importantes família da máfia de Chicago, Aria Scuderi luta para encontrar seu próprio caminho num mundo onde opções não são oferecidas. Aria tinha apenas quinze anos quando seus pais a prometeram a Luca – O Cruel – Vitiello, o mais velho dos filhos do chefe da Cosa Nostra em Nova York, para garantir a paz entre as duas famílias.Agora, aos dezoito anos, o dia pelo qual Aria esteve temendo por anos está se aproximando perigosamente: seu casamento com Luca.Aria está aterrorizada de se casar com um homem que mal conhece, especialmente alguém como Luca, que conseguiu seu apelido, “O Cruel”, esmagando a garganta de um homem apenas com as mãos. Luca pode ser um dos homens mais cobiçados de Nova York por sua boa aparência, riqueza e carisma predador, mas as garotas da sociedade nova-iorquina que se jogam em cima dele não sabem o que Aria sabe: que a aura de bad boy não é apenas um jogo; sangue e morte se escondem sob os impressionando olhos cinzentos e sorriso arrogante de Luca.No mundo dela, um exterior bonito geralmente esconde um monstro; um monstro que pode facilmente tanto matar quanto beijar você.O único jeito de escapar do casamento com Luca seria fugir e deixar tudo que ela já conheceu para trás, mas Aria não pode suportar o pensamento de nunca mais ver sua família outra vez.Apesar do seu medo, ela decide ir em frente com o casamento; Aria cresceu entre predadores como Luca, e ela sabe que até mesmo os bastardos com o coração mais frio possuem um coração, e ela tem toda a intenção de trabalhar o seu caminho até o de Luca.

O mundo da máfia sempre me soou curioso.
A querida Cora Reilly o fez cru e sombrio em seus livros. Nessa ordem.
Eu odiei amar tanto esse livro. Passei por um processo semelhante à quarentena até tê-lo terminado. Ainda estou de ressaca. Ainda não superei. Aqui vai o por quê...

quinta-feira, 9 de julho de 2015

O Duque e Eu - Os Bridgertons 1.

Não me perguntem quando, só sei que os livros da Julia Quinn me atingiram em cheio e já estou correndo para o quinto da série.
Já li alguns romances de época, mas nunca fui muito fã, até... Conhecer os Bridgertons.


Livro: O Duque e eu.
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
ISBN: 9788580411461

Sinopse:Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Narrado em terceira pessoa e mudando o personagem foco entre Daphne e Simon, O Duque e Eu se passa em pleno 1813. Há certa magia ler um livro de época. Com todas aquelas vestimentas incríveis (que eu só amaria usar durante, no máximo, uma semana), os cenários, as falas... Até mesmo o ar é diferente.
O mais prazeroso, ouso dizer, de um livro de época escrito em pleno século XXI é que não se torna massante. Seria vergonhoso dizer que dormi em alguns trechinhos de Jane Austen?
Apesar de admirar os personagens e a escrita, algumas partes apenas não me atraíram o suficiente.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Resumo do Mês... Junho

Bem Curiosos e Curiosas, vimos um modelo de postagem resumitiva no blog Leitora Online e gostamos bastante da ideia. Então resolvemos fazer no Curiosa Metamorfose também!
    Esperamos que o mês de Junho tenha sido ótimo para todos, pois foi um mês produtivo para o blog.
          BOM MÊS DE JULHO PARA TODOS!
1- As Estranhas e Belas Mágoas de Ava Lavender



2- A Melhor Coisa que Nunca Aconteceu na Minha Vida

3- Sessão Receita: Imaginação

4-Bob Esponja: Um Herói Fora D'água

5 - De Coração para Coração

terça-feira, 30 de junho de 2015

De coração para coração.

Já viu/leu alguma reportagem sobre transplante de órgãos?
Será que você, assim como eu, também já imaginou a história por trás das duas famílias?
A tristeza de perder alguém acompanhada da alegria do fim de uma espera.
É curioso, caro Curioso.

Livro: De coração para coração
Autora: Lurlene McDaniel
Editora: Novo conceito
Páginas: 208
ISBN-13: 9788581633138
Sinopse: De coração para coração fala de perdas, amor e renovação. Fala também da maneira como esses sentimentos tão complexos se entrelaçam, nos momentos mais difíceis, nas relações familiares e de amizade.
Elowyn e Kassey são grandes amigas, que dividem tudo. Mas uma coisa Elowyn não contou para Kassey: ao tirar a carteira de motorista, ela marcou a opção “doadora de órgãos”. Kassey descobre esse detalhe da vida da amiga da maneira mais trágica – quando o desejo de Elowyn está prestes a ser atendido.
Arabeth nunca teve a sorte de ter uma melhor amiga. Com o coração doente, ela leva uma vida protegida de tudo e de todos. Até que, aos 16 anos, recebe o telefonema que tanto esperava — mas inicialmente ela e sua mãe não sabem a quem devem agradecer. Quando os mundos dessas três meninas e de suas famílias se cruzam, suas vidas se transformam de maneira nunca imaginada. Kassey, especialmente, encara os fatos como uma forma de manter viva a memória de sua querida amiga. Ela passa a compartilhar da nova vida de Arabeth, ao mesmo tempo em que ajuda a aliviar o sofrimento da família de Elowyn e a compreender a sua própria dor.


Esse é um livro sobre duas histórias e o cruzamento de ambas.
De coração para coração é divido em três partes, contado em terceira pessoa onisciente e narrado de um jeitinho tão leve para uma história tão profunda.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Bob Esponja: Um Herói Fora D'água

Não sou contra o bob, adoro o desenho e muitas vezes me pego assistindo na nick. Porém o filme foi extremamente decepcionante.

Título Original: The SpongeBob Movie: Sponge Out of Water
País de Origem: EUA
Dirigido por: Paul Tibbitt
Ano de Produção: 2015
Lançamento: 5 de fevereiro de 2015

Sinopse: A vida na Fenda do Biquíni não podia ser melhor para o eterno otimista Bob Esponja (Tom Kenny) e seus amigos: o leal estrela-do-mar Patrick (Bill Fagerbakke), o sarcástico Lula Molusco (Rodger Bumpass), a esquilo cientista Sandy (Carolyn Lawrence) e o capitalista crustáceo, Sr. Sirigueijo (Clancy Brown). Quando a ultra secreta receita do Hambúrguer de Siri é roubada, os eternos adversários Bob Esponja e Plankton (Mr. Lawrence) precisam unir suas forças em uma viagem através do tempo e do espaço para controlarem seus superpoderes internos e enfrentarem o malvado pirata Barba Burguer (Antonio Banderas) que tem seus próprios planos para estes deliciosos hambúrgueres.
 
  
   Bob Esponja é um dos personagens mais fofinhos e, muitas vezes, irritantes do mundo animado. E apesar de gostar bastante dele, quando eu fiquei sabendo do filme não quis assistir no cinema, e agradeço imensamente por não ter gasto meu dinheiro com esse filme.
    Por quê? Eis a pergunta crucial.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Sessão Receita do dia a dia : Imaginação

 Olá Curiosos! Estou meio afastada do blog, eu sei. Mas juro que não é por querer, vestibular não é coisa fácil. Bem... Deixando isso de lado... Tem um texto da Sessão Receita! No entanto não será exatamente receita, mas apenas uma reflexão. Espero que gostem ^^

sexta-feira, 5 de junho de 2015

A Melhor Coisa que Nunca Aconteceu na Minha Vida.

Olá, Curiosos!
Não sei se você já compraram um livro por impulso. Será que já fizeram-no?
Tentei seguir uma fiel rotina antes de comprar um livro (porque livro é caro haha): primeiro dou uma paquerada de leve no alvo, alguns olhares aqui e ali, em seguida jogo o nome do skoob, cruzo os dedos, dou uma olhada em algumas resenhas pela internet, por fim, se as investidas foram bem sucedidas, junto as moedinhas e corro para uma livraria.
Pulei todos os itens dessa lista e comprei A Melhor Coisa que Nunca Aconteceu na Minha Vida.

Livro:A Melhor Coisa que Nunca Aconteceu na Minha Vida
Autores:Laura Tait e Jimmy Rice
Editora: LeYa
Páginas:356
ISBN-13:9788544102305
Sinopse: Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados?
Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso.
Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância?
Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor?
A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.



Eu diria que esse livro se baseou em um labirinto. Entre vielas e paredes altas, os dois se perderam e se acharam durante toda a história.

Holly e Alex são típicos amigos de infância de uma cidade pequena da Inglaterra chamada Mothston, um sabe a cor, sabor de sorvete e comida favorita do outro, sabem quase tudo exceto que Alex está apaixonado por Holly e vice-versa.

Poderia ser tão simples quanto 1+1, mas nem mesmo a matemática é tão exata assim, e quando é, torna-se um tanto quanto maçante. 

segunda-feira, 1 de junho de 2015

As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender

Sabe aquele livro que você vê na livraria, acha a sinopse até legalzinha mas não se interessa muito? Esse foi o meu caso com As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender. Até compraria o livro, mas só quando já tivesse conseguido comprar outros livros que, pra mim, tinham prioridade. Eis então, que na semana de dia das mães, o livro aparece por menos de 15 reais. No impulso, compro o livro e agora sofro uma paixão por garotas com asas, famílias estranhas e Leslye Walton.



Livro: As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender
Autora: Leslye Walton
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
ISBN: 9788581635941
SinopseGerações da família Roux aprenderam essa lição da maneira mais difícil. Os amores tolos parecem, de fato, ser transmitidos por herança aos membros da família, o que determina um destino ameaçador para os descendentes mais jovens: os gêmeos Ava e Henry Lavender. Henry passou boa parte de sua mocidade sem falar, enquanto Ava que em todos os outros aspectos parece ser uma jovem normal nasceu com asas de pássaro. Tentando compreender sua constituição tão peculiar e, ao mesmo tempo, desejando ardentemente se adaptar aos seus pares, a jovem Ava, aos 16 anos, decide revolver o passado de sua família e se aventura em um mundo muito maior, despreparada para o que ela iria descobrir e ingênua diante dos motivos distorcidos das demais pessoas. Pessoas como Nathaniel Sorrows, que confunde Ava com um anjo e cuja obsessão por ela cresce mais e mais até a noite da celebração do solstício de verão. Nessa noite, os céus se abrem, a chuva e as penas enchem o ar, enquanto a jornada de Ava e a saga de sua família caminham para um desenlace sombrio e emocionante.

domingo, 24 de maio de 2015

Cartas de Amor aos Mortos.

Não sei se vocês curtem saber as histórias por trás dos livros, mas vocês devem saber que por trás de todo livro há uma história para contar. É engraçado como alguns livros nos encontram em algumas esquinas e a gente leva para o resto da caminhada.  
Vai ver você precisa ler esse livro e ainda não sabe.

Livro: Carta de Amor aos Mortos. 
Autora: Ava Dellaira
Editora: Seguinte 
Páginas: 344
ISBN -13: 9788565765411

Sinopse:  Cartas de Amor aos Mortos - Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.


Carta de Amor aos Mortos ousou. 
Em várias maneiras possíveis esse livro não se deixou passar despercebido, desde o modo da escrita aos assuntos abordados. Laurel tem uma tarefa de casa simples: escrever uma carta para alguém que já morreu, parece fácil, mas não é bem assim... Meio sem querer ela encontra uma porta de saída de emergência em suas cartas, é como se do outro lado da porta estivesse um lugar onde Laurel pudesse falar sem papas na língua.

sábado, 9 de maio de 2015

Sociedade Parceira: Jout Jout. #CuriosaRecomenda #002

Olá, tudo beim? Então tá bom!
Hoje vim indicar para vocês alguém. Recebam-na com xícaras de café e panetones de frutas cristalizadas, ou melhor um hambúrguer do Tio Barriga, a Jout Jout.


Confesso que nunca curti muito isso de vlog. Ou era um gostar muito temporário. A maioria das pessoas que encontrava por youtube a fora soavam forçadas e não me agradavam.
Então surgiu a Jout Jout, que consegue falar de assuntos bobos de modo sem vacilar com um sorriso e assuntos sérios de uma forma engraçada. Isso tudo com uma espontaneidade e leveza que a desculpa "só mais um e depois eu paro" é comumente conhecida.

Conheci o canal da Jout Jout por minha irmã (ela pode ser bastante insistente quando quer) e assisti como quem não quer nada, botando pouca fé, beirando a má vontade, mas acabei adorando. Muito. E agora tenho que arranjar um tempinho nas minhas terças e quartas para cada vídeo novo dela. Provavelmente você também terão.

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal