terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Mentira Perfeita

Que nós do Curiosa adoramos a sra. Carina Rissi já está mais claro que cabelo pós água oxigenada, então para não dizer que não falamos das flores aqui estamos: mais um livro pra cota das resenhas.

Livro: Mentira Perfeita
Autora: Carina Rissi
Páginas: 462
Editora: Verus
ISBN-10: 8576864584
Sinopse: Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre... E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente... Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

A Garota do Calendário: Janeiro, Fevereiro e Março

Olá, curiosos. Tudo beleza? Hoje eu vim falar de uma série de livros que está mais do que famosinha: A Garota do Calendário.  Os livros dessa série são os que eu disse a mim mesma que nunca iria ler pois achei um absurdo pagar 20 reais (logo quando foram lançados eram esse preço) em um mini livro de menos de 200 páginas, além da sinopse que não me agradou nem um pouco. Agora eu paguei minha língua e estou esperando devolverem os Novembro e Dezembro à minha mãe para eu pegar emprestado e terminar essa "saga".

Livro: A Garota do Calendário: Janeiro
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus 
ISBN: 9788576865063
Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser. Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noite de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

Livro: A Garota do Calendário: Fevereiro
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus 
ISBN: 9788576865063
Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser. Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em fevereiro, Mia vai passar o mês em Seattle com Alec Doubois, um excêntrico artista francês. No papel de musa, ela vai embarcar em uma jornada de descobertas sexuais e lições sobre o amor e a vida que permanecerão com ela para sempre.

Livro: A Garota do Calendário: Janeiro
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus 
ISBN: 9788576865063
Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser. Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Mia vai passar o mês de março em Chicago com o empresário Anthony Fasano, que a contrata para fingir ser noiva dele. A princípio Mia não entende por que um homem tão lindo e másculo precisa de uma noiva de mentira, mas ela está prestes a descobrir...

Como já disse lá em cima, nunca imaginei que leria essa série. A sinopse dá a entender que ela transa com um cara a cada livro e, por mais que eu não condene nem um pouco esse tipo de atitude (afinal, cada um faz o que quiser com o seu corpo e se ela tá feliz é o que importa), eu achava que o livro seria apenas sexo, sem nenhum enredo. Só depois, uma amiga minha que tinha começado a ler a série veio  esclarecer que não era bem assim. Na verdade, ela disse que a série era bem divertida. E foi assim que eu criei coragem e comecei a ler A Garota do Calendário.

Obs: Como irei falar de três livros e que ainda por cima são minúsculos essa resenha poderá conter spoilers (mas nada muito chocante).

domingo, 4 de dezembro de 2016

Rudderless

Galera, hoje falaremos de um drama ( que não é meu gênero favorito) chamado Rudderless, a versão brasileira se chama Força Para Viver mas eu achei uma "tradução" tão ruim que preferi deixar o nome original mesmo. Dica para o assinantes da netflix, esse filme está disponível lá e se eu fosse vocês - depois que terminasse de ler a resenha claro - ia logo assistir ao filme.



Título Original: Rudderless
País de Origem:  EUA
Dirigido por: 
William H. Macy
Ano de Produção: 2014

Sinopse: 
Depois da morte do filho adolescente, um pai (Billy Crudup) tenta reconstruir sua vida. Certo dia ele encontra alguns objetos que pertenciam ao filho, entre os quais uma série letras de músicas e gravações originais. Para honrar a memória do filho, ele decide montar uma banda para tocar estas canções.





   Sabe aquele filme parado mas que você não consegue deixar de assistir? Então, é justamente este tipo de filme que Rudderles é, com músicas originais muito boas e atuações de dar gosto.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Entre o amor e a vingança.

Eu estava paquerando esse livro na livraria há algum tempo, mas com minha lista de virar o quarteirão de livros para ler, eu esqueci dele.
Surgiu a oportunidade e aqui estamos.
O ano é 1831 e, como me lembra a Jula Quinn, romances de época podem ser deliciosamente surpreendentes.

Livro: Entre o amor e a vingança
Autora: Sarah Maclean
Editora: Gutenberg 
ISBN: 858235293X
Sinopse: O que um canalha quer, um canalha consegue... Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury.
Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres. Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança - o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles até mesmo seu coração.


sábado, 26 de novembro de 2016

Scarlet Heart: Ryeo

Olá, curiosos. Hoje eu vim falar sobre uma coisa que já tem muito tempo que quero falar mas estava esperando o momento certo: Doramas! Para quem não sabe, doramas são dramas asiáticos e funcionam basicamente como uma série só que melhor de normalmente uma temporada com mais ou menos vinte episódios. Os doramas se dividem em K-drama, C-drama, TW-drama e J-drama (pode ter mais algum, mas eu não conheço) que significam, respectivamente, drama coreano, drama chinês, drama taiwanês e drama japonês. Em especial, o post de hoje é sobre o dorama Scarlet Heart: Ryeo, tambem conhecido como Moon Lovers.

Eu estava adiando assistir esse drama por dois motivos: sabia que ia ficar viciada e acabaria vendo um episódio atrás do outro, por isso esperei minhas férias, e porque o drama terminou de ser lançado no Drama Fever (tipo um netflix, mas só de doramas) recentemente e eu odeio ficar esperando a semana toda por um episódio de qualquer coisa. Enfim, adiei e terminei de assistir tudo ontem com o meu coração na mão. Aviso logo: se prepare pra chorar porque acho que é impossível não chorar com esse drama.



Inspirado no romance "Bu Bu Jing Xin" de Tong Hua e no drama chinês "Scarlet Heart", o drama conta a história de Go Ha Jin, uma mulher de 25 anos que, ao tentar salvar um garoto de um afogamento durante um eclipse solar, acaba sendo transportada para o tempo da Dinastia Goryeo no corpo de uma garota de 16 anos chamada Hae Soo. Hae Soo é prima de Lady Hae, a esposa do 8º príncipe de Goryeo, e, por esse fato, acaba convivendo com todos os príncipes e ficando no meio de uma briga pelo trono.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

O Menino do Pijama Listrado

   Não vou repetir as desculpas, mas realmente desculpa Curiosos por parar de postar por um tempo. Mas ok, passou. 

   Hoje eu vim fazer uma resenha de um livro pequeno, mas que possui uma história de quebrar corações:  O Menino do Pijama Listrado. Eu já havia assistido o filme ( eu sei que não devemos ver o filme antes do livro, desculpa por isso também), mas na época eu nem sabia que era um livro, ou seja, fui na maior vontade. Voltando à  resenha, eu sempre quis comprar o livro contudo achava o preço muito caro para o seu tamanho, até que há alguns meses um amigo resolveu vender sua coleção de livro e quem estava la? Eu ( e loly também). E foi ai que eu finalmente consegui ler esse grande e pequenino livro.

Livro: O Menino do Pijama Listrado
Autora: John Boyne
Editora: Seguinte ( Cia das Letras )
Páginas: 186

ISBN: 9788535911121

Sinopse:  Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga. 
   Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável. 

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

TAG: Doces, livros & Docinhos

Primeiramente pedimos sinceras desculpas pelo sumiço mais intenso que Gasparzinho. 
Em nossa defesa, o bagulho foi sinistro e tivemos que nos ausentar do Curiosa (doeu, claro que doeu, mas ninguém precisou saber). Agora estamos de volta, mais experientes, mais esperançosamente organizadas e mais respondedoras de TAG! 


E a TAG ,que fomos marcadas pela Rebecca do O Cafofo Literário há muito tempo, é Doces, Livros & Docinhos e resolvemos voltar exatamente com ela.

Chocolate: um livro tão bom, mas tão bom, que você preferiu avançar calmamente na leitura só para aproveitar cada página;
Loly: Ganhei esse livro da minha irmã caçula e ela mesmo pediu para que eu não lesse em um dia, até agora está durando 4 meses.  É como uma conversa de MSN com sua amiga, é gostosinho, é distraído e é um abraço quentinho. Não quero acabar e é por isso que minha meta é 2028. 
Resultado de imagem para ta todo mundo mal jout jout

Cupcake: um livro cuja parte inicial você considera ser a melhor;
Nath: A lista do Nunca foi um livro que eu li e gostei muito, mas o final foi tão frustrante que o início (e o meio também, hihi) se tornou a melhor parte. A trama é super interessante e eu super recomendo, mas acho que a autora exagerou no final da história e acabou estragando o livro no ultimo segundo. Confuso, né?
Imagem relacionada




Bolo: um livro que misturou vários gêneros literários e se tornou uma combinação deliciosa;
Lana: Esse livro realmente me surpreendeu. Caramba, tem ficção científica, suspense, um terrorzinho, aquele drama em grupo e por incrível que pareça tem um romancezinho entre alguns personagens. Imagine a minha felicidade ao perceber essa junção maravilhosa!


Algodão Doce: um livro tão doce que enjoa;

Loly: Adoro com todas as minhas célulazinhas a escrita de Carina Rissi, por mim éramos amigas e vizinhas de porta, mas Destinado foi como uma cereja por cima de uma cereja de um bolo de 5 andares. Ian e Sofia são maravilhosos, mas ultrapassou meu nível de glicemia no último livro. Desculpa, miga.


Jujubas: um livro que todo mundo gosta e a leitura atual;
Nath: Não necessariamente todo mundo gosta de Prometida (até porque eu acho que quase ninguém leu), mas a série Perdida é muito famosa e 98% das pessoas que leem gostam, por isso entrou na classe Jujubas. E de quebra foi o ultimo livro que eu li.


Sorvete: um livro suave, com uma narrativa suave e uma escrita suave. Uma leitura suave.
Loly: Apaixonadinha: é minha única descrição para esse livro. Foi o primeiro livro da Julia Quinn que li, sendo que esse o segundo da saga. Pensando bem, foi tão bom que depois de terminar esse post vou dar uma relida nele.


Macarons: um livro que todo mundo já leu, menos você;
Lana: Então, Loly já me disse para ler Jogos Vorazes várias vezes mas eu ainda não me interessei, infelizmente. Até tenho o livro ( nosso amigo me deu), mas eu achei muito modinha na época que foi lançado, algum dia eu irei ler, juro.


Pipocas: um livro que na sua opinião daria um excelente filme;
Nath: Feita de Fumaça e Osso não é o livro mais conhecido do mundo, mas a trama é realmente interessante. É um livro mais lento dos que eu costumo ler, mas o universo dele é tão interessante e bem elaborado, os personagens bem construídos que eu acho que daria um excelente filme (se os roteiristas/diretores/etc souberem aproveitar).



Twix, Lion e outras barras de chocolate: Um livro que trás muito pouco pelo preço que pagou;
Loly: QUARENTA. FUCKING. REAIS. 
Terminei o livro chorando moedinhas de 10 centavos. O livro é monótono, sem sentido e não lembro de mais nada dele. Esse foi o nível do quanto gostei dele.

Maçã do Amor: qual o livro mais romântico da sua estante?
Lana: Galera, eu não tenho muito livro de romance, por isso que eu escolhi o lindo do Como eu era antes de você. Esse livro é muito amor, eu jurava que não ia gostar e no que deu? Amei.



REQUISITOS EXTRAS: DOCES PORTUGUESES


 OVOS MOLES DE AVEIRO: um livro com uma capa neutra e sem vida, mas cujo interior seja bastante agradável;
Lana: Então, não tenho nem o que dizer, essa capa é muito sem graça, mas a história é simplesmente perfeita e completa. Eu já falei várias vezes desse livro aqui e dessa forma vocês podem perceber o quanto adorei essa história. O interior é bastante agradável, apesar de ser complexo.



PASTEL DE NATA: um livro pequeno, mas que te diz muito;
Nath: Claramente o livro que eu sempre comento quando o requisito é leitura rápida/essencial. Eu sou completamente apaixonada por esse livro, pois fala de tanta coisa que vemos no nosso dia-a-dia e de uma maneira tão leve. A temática é super atual (principalmente agora no governo de Trump), pois ele fala da relação além do ódio entre judeus e palestinos e isso claramente se aplica a diversos outros tipos de ódios vindos do pré-conceito. (Por sinal, já tem resenha dele aqui no blog).


PÃO DE LÓ: um livro cuja desilusão foi tanta que custou engolir;
Loly: Não me matem, tudo bem? 
Mas para alguém que estava enlouquecida com dois livros seguidos e foi correndo mastigar o terceiro, Esperança foi um balde de água fria. Foram tantas reviravoltas que eu não curti, tantos socos seguidos que chegou um momento que eu nem sabia de onde vinha mais. 

E para responder a TAG indicamos nossos amadinhos (sim, influência de Cheias de Charme no vale a pena ver de novo) parceiros:


domingo, 10 de julho de 2016

Eleanor & Park

Eleanor & Park é um daqueles livros que nos surpreendem positivamente, aqueles livros que nos abraçam apertado só para, logo em seguida, saírem andando por aí.

Livro: Eleanor & Park
Autora: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas: 328
ISBN-10: 8542801253
Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Como uma leitora nunca deveria ser, olhei para Eleanor & Park com certa arrogância, como se não fosse mais do que um romance água com açúcar (categoria que leio sim, mas também da qual não espero muito além do roteiro clichezão). Fui surpreendida, rendida e capturada por um livro que, sem espaço para dúvidas, merece nossa atenção.

domingo, 26 de junho de 2016

A Mulher Silenciosa

Não, esse livro não é um suspense. Caros curiosos, eu comprei A Mulher Silenciosa na Black Friday por um preço bem camarada e fui ler achando que era um livro de suspense/terror psicológico, mas nem romance ele exatamente é, acho que a designação apropriada seria um livro de análise psicológica.

Livro: A Mulher Silenciosa
Autora: A.S.A. Harrison
Editora: Intrínseca
Páginas: 256
ISBN: 9788580575224

Sinopse: O Casamento de Jodi e Todd está em crise. Há muita coisa em jogo, incluindo a vida abastada que levam em um belo apartamento de frente ao lago em Chicago, enquanto ela, a assassina, e ele, a vítima, se aproximam miseravelmente do momento crucial. Ele é um adúltero inveterado. Ela vive e respira negação. Ele habita um mundo dúbio. Ela gosta de dar o troco. Ele decide jogar para valer. Ela não tem mais nada a perder.
Contado em perspectivas alternadas, A mulher silenciosa é um livro sobre um casamento na agonia da dissolução, um casal rumo à catástrofe, concessões que não podem ser feitas e promessas que não serão cumpridas.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

O Planeta dos Macacos

É o seguinte: como qualquer pessoa, eu tenho alguns preconceitos literários.
Eu sei que a grande maioria desses são totalmente infundados, mas vocês precisam saber que eu muitas vezes tenho voto nulo diante do meu gosto de leitura, que tem poder próprio.
Se eu não tivesse ganho de presente O Planeta dos Macacos eu não teria cogitado a ideia de lê-lo, então é por isso que hoje eu coloco minhas mãozinhas na direção do céu e agradeço [a quem me presenteou (beijo Vivi e J.P.)]

Livro: O Planeta dos Macacos 
Autor: Pierre Boulle
Editora: Aleph
Páginas: 216
ISBN-10: 8576572133
Sinopse:
Em pouco tempo, os desbravadores do espaço descobrem a terrível verdade: nesse mundo, seus pares humanos não passam de bestas selvagens a serviço da espécie dominante... os macacos. Desde as primeiras páginas até o surpreendente final – ainda mais impactante que a famosa cena final do filme de 1968 –, O planeta dos macacos é um romance de tirar o fôlego, temperado com boa dose de sátira. Nele, Boulle revisita algumas das questões mais antigas da humanidade: O que define o homem? O que nos diferencia dos animais? Quem são os verdadeiros inimigos de nossa espécie?



Tenho uma miúda experiência com ficção científica. A que mais me sobressai nesse momento é Brilho, que já foi resenha por aqui. Esse nunca foi meu estilo favorito, mas me deixa vidrada de tal forma que só uma ficção científica tem a capacidade de nos deixar de ressaca literária.
Apesar dos pesares, arriscarei falar um pouquinho sobre, então por favor, não me julguem se eu errar (muito).

Acredito que toda ficção científica começa com um enorme ponto de interrogação. É um novo mundo, totalmente descoberto. Enquanto em alguns livros esse momento desbravador é exaustivo, em O Planeta dos Macacos foi abençoado com um agradável início.

sábado, 4 de junho de 2016

Parceria Leitora Cretina

E ae, Curios@s? É com extrema felicidade e muita alegria que vinhemos anunciar a nossa nova Parceira: Leitora Cretina !
O Blog foi criado e é escrito pela Mônica, que é paulista, estudante de Direito e possui 18 anos. O blog possui enfâse na literatura erótica ( como o próprio nome deixa claro, Leitora Cretina e posso dizer que achei fantástica essa ideia ), ou seja, New Adult que é o gênero favorito da Mônica. Contudo ela também posta de tudo um pouco, como tags, jogos, fotos, filmes, séries e muito mais.

Obs: Quem fez o cabeçalho do nosso blog foi a Mônica. Sim, ela diva!

Não perca tempo, seja Curios@ e confira o blog da Mônica, aproveita e também a segue nas redes sociais que estão com o link aqui embaixo!

REDES SOCIAIS
TWITTER | INSTAGRAM | G+ | SKOOB

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Tag Inês Brasil

Segura a marimba aí, Curiosos, que nós chegamos!
Nós fomos marcadas para responder essa TAG ma-ra-vi-lho-sa pela nossa parceira Ler é Literário
Não temos certeza absoluta de onde essa TAG foi criada, mas fontes seguras nos disseram que surgiu no  canal Literária Mente
Como somos 3 aqui, vamos fazer aquele velho esquema de cada uma responde uma pergunta para ficar mais dinâmico e rápido, tá bom?
Segura o rebolado da diwa, nada de se remexer na cadeira antes de conferir nossas respostas. 

sábado, 28 de maio de 2016

Era uma vez um tal de DNCE.

Para quem não sabia, como eu, DNCE é uma banda que tem como vocalista o Joe Jonas.
Antes que me perguntem, eu não era uma fã de Jonas Brothers. Achava graça de quem gostava dessa banda sendo que tinha uma paixão (nunca superada) por McFly. Vai entender, né?
Pois bem, então por que eu falaria sobre uma banda que tinha um dos irmãozinhos Jonas, ainda mais o irmão que terminou com a Taylor Swift por telefone? (desculpe, traumas de infância)

Prestem atenção, caros Curiosos, a uma musiquinha chamada toothbrush, mais precisamente ao seu clipe.

É com os olhos brilhantes, mãos jogadas para cima e uma dança esquisita se apoderando do meu corpo ao ritmo de so maybe you don't have to rush, you can leave a toothbrush... At my place que eu friso a presença da maravilhosa Ashley Graham, o par romântico do Joe. 

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Sessão Terror: Os Outros

Confesso que fiquei um tempo sem postar sobre filmes de terror e há duas explicações:
  Primeira, eu achei que estava postando muitos filmes de terror seguidos e deixando o blog sem variedade.
  Segunda, eu estava tentando encontrar um filme muito bom para resenhar e quando encontrei fiquei sem palavras para descrevê-lo!
Depois desse pequeno esclarecimento, gostaria de dizer que eu já queria assistir esse filme há algum tempo ( ele é bem antiguinho ), mas não sei como eu tinha lido a sinopse errada e sempre associava esse cartaz com outra história. Até que um dia o vi no netflix e resolvi assistir, descobrindo uma história diferente e que será a nossa resenha de hoje!

Título Original: The Others
País de Origem: 
Dirigido por: Alejandro Amenábar
Ano de Produção: 2001

Sinopse: 
Durante a 2ª Guerra Mundial, Grace (Nicole Kidman) decide por se mudar, juntamente com seus dois filhos, para uma mansão isolada na ilha de Jersey, a fim de esperar que seu marido retorne da guerra. Como seus filhos possuem uma estranha doença que os impedem de receber diretamente a luz do sol, a casa onde vivem está sempre em total escuridão. Eles vivem sozinhos seguindo religiosamente certas regras, como nunca abrir uma porta sem fechar a anterior, mas quando eles contratam empregados para a casa eles terminam quebrando estas regras, fazendo com que imprevisíveis consequências ocorram.


segunda-feira, 23 de maio de 2016

Sorteio dia do escritor!

Sim, sim e sim! Aqui estamos nós caminhando para o terceiro sorteio do Curiosa.
Dessa vez o livro sorteado é um pequeno bibelô conhecido como Beleza Perdida, para quem não sabe, não conhece ou só ouviu falar, já teve resenha dele por aqui.

Não sabe quando é o dia do escritor, mas quer ganhar no sorteio mesmo assim?
Não se desespere, pequeno gafanhoto, que nós explicaremos tudo bem explicadinho e com o maior carinho.


Fiquem super atentinha(o)s nos avisos abaixo e boa sorte!

Requisitos do sorteio:

1- Os participantes devem ter endereço de entrega no Brasil.
2- O sorteio não possui vínculo com a editora Verus.
3- Enviaremos um e-mail para o vencedor e ele terá até 48 horas para responder com os dados, caso contrário, faremos um novo sorteio.
4- Não nos responsabilizamos por extravios dos correios ou endereço incompleto/errado. Caso o livro volte, o reenvio é por conta do vencedor.
5- Temos até 45 dias para enviar os livros.
6- Sorteio válido até o dia do escritor, 25/07/2016, e o resultado sairá nessa mesma postagem em até 3 dias após o encerramento.
7- Qualquer dúvida entre em contato conosco.
8- Agora é só conseguir realizar o máximo de pontos no quadro abaixo e boa sorte, Curioso!

a Rafflecopter giveaway
Para as pessoas que não têm muita experiência nesse tipo de sorteio, realizado pelo Rafflecopter, nós decidimos fazer uma breve explicação.
 Cola aqui que é sucesso.
Funciona assim: o objetivo é você acumular o máximo de pontos possível. "Ah, mas como eu posso fazer isso?" Primeiro de tudo você irá participar do sorteio ou com o seu e-mail ou logado com o Facebook.
Prontinho?
Agora você irá realizar o máximo de coisas que conseguir. Por exemplo, seguir o blog no twitter é 4 pontos, tweetar sobre o sorteio é 3. Daí você já tem 4 + 3 pontos. O máximo que você pode conseguir (realizando TODAS as tarefas) é 30.
Obviamente uma pessoa que realiza 7 tem menor probabilidade de ganhar que uma pessoa que realizou 30 pontos. Mas não brinquemos com o amigo Destino, até porque 7 é um número místico.

Se tiver alguma dúvida, não hesite em nos procurar, seja pelas redes sociais ou por aqui.
E então é isso, cruzem os dedos, façam figa, plantem bananeira, mas só não arranquem pés de coelho, por favor.


Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal